sábado, 5 de novembro de 2016

A Superclasse Mundialista Domina as Artes Ocultas do Maligno e Pratica um Culto Judaico-Satânico





WikiLeaks Bombshell: Team Hillary’s SATANIC DINNERS! (Warning: This is Graphic…)



Eu já há muito tempo que suspeitava de que os membros da Superclasse Mundialista, ou pelo menos uma parte substancial dos mesmos, dominavam as artes do maligno e eram praticantes de um culto Judaico-Satânico. Os acontecimentos das últimas 24 horas vieram mais uma vez confirmar as minhas suspeitas e dar razão a tudo o que eu venho escrevendo ao longo dos últimos anos. Não, esta gente não é apenas uma pequena elite em busca de poder total sobre o Mundo e a Humanidade, mas sim, um pequeno grupo com laços tribais e uma anti-religião muito própria. Este culto, ao que tudo indica, será a pedra angular espiritual da Superclasse Mundialista que pretende dominar o Mundo através de uma terrível cabala que teve início há mais de 2000 anos atrás e que se não for rapidamente travada, atingirá dentro do próximo século o seu objectivo final.

Nós não estamos aqui a lidar com forças que sejam passíveis de entendimento para o cidadão comum. Isto, caro leitores, esta elite que tomou conta das nossas pátrias é o mal na sua forma mais pura e refinada. Eu já adverti inúmeras vezes sobre o perigo latente que são as religiões abraâmicas, sendo que o pai de todos os abramismos - o Judaísmo - é a base e a origem de todo o mal. O Judaísmo não é apenas uma religião etnicamente tribalista, mas sim, uma religião maligna que pratica o culto a um Deus-Demónio de origens extremamente obscuras. Ninguém sabe exactamente qual é a origem desta criatura terrível a que tanto judeus, como cristãos e muçulmanos prestam culto, mas é certo e sabido o elevado grau do seu sadismo doentio e da sua maldade destruidora. Quem tiver dúvidas disto que eu aqui afirmo, só tem de ler o Levítico que está presente na Bíblia cristã e que atesta bem da demência malévola de que estamos aqui a falar.

Estou até em crer que os dirigentes semitas da Superclasse Mundialista são praticantes de uma versão elitista do Judaísmo, que é ainda mais maligna do que o Judaísmo tradicional ou mainstream. Ao passo que no Judaísmo tradicional e também no Cristianismo e no Islão, existe uma crença comummente aceite de que "Deus é bom" e que este se opõe necessariamente ao mal, no culto que é praticado pela Superclasse Mundialista, deixa-se cair o disfarce da "bondade" e este Deus dos abraâmicos é contemplado e reverenciado como aquilo que ele realmente é, ou seja, uma criatura maligna, possivelmente o pior e mais temível Demónio que existe no Universo. 

Os abraâmicos utilizam muito a táctica da inversão da realidade como meio de controlo e manipulação psicológica e hão-de reparar que esta realidade invertida apenas é "dada de comer" ao povo comum. Isto é, a Superclasse Mundialista sabe perfeitamente bem que as religiões abraâmicas são instrumentos do mal que fazem o culto a um Demónio, mas dizem ao povo o contrário e não bastando toda esta mentira, agrilhoam psicologicamente o povo dizendo que aqueles que como eu denunciam as religiões abraâmicas, são "servos de Satanás", entre outras falsidades. É mentira, eles é que são os servos do mal e a lixeira a que as religiões abraâmicas reduziram o Médio Oriente é a prova viva disso.
Fala aos filhos de Israel, dizendo: Se uma mulher conceber e der à luz um menino, será imunda sete dias, assim como nos dias da separação da sua enfermidade, será imunda.
E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio.
Depois ficará ela trinta e três dias no sangue da sua purificação; nenhuma coisa santa tocará e não entrará no santuário até que se cumpram os dias da sua purificação.
Mas, se der à luz uma menina será imunda duas semanas, como na sua separação; depois ficará sessenta e seis dias no sangue da sua purificação.
Levítico 12:2-5
Fala aos filhos de Israel, dizendo: Se uma mulher conceber e der à luz um menino, será imunda sete dias, assim como nos dias da separação da sua enfermidade, será imunda.
E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio.
Depois ficará ela trinta e três dias no sangue da sua purificação; nenhuma coisa santa tocará e não entrará no santuário até que se cumpram os dias da sua purificação.
Mas, se der à luz uma menina será imunda duas semanas, como na sua separação; depois ficará sessenta e seis dias no sangue da sua purificação.
Levítico 12:2-5

Não vou por ora entrar aqui numa reflexão sobre o que é o mal, pois tal seria demasiado exaustivo tanto para mim, como para os caros leitores. Tenha-se apenas consciência de que o Diabo ou Satanás (chamem-lhe o que quiserem), é o Deus único em que acreditam os abraâmicos, porém, os próprios seguidores de religiões abraâmicas não têm consciência deste facto. Quando um judeu, um cristão ou um muçulmano rezam ao Deus único dos judeus, eles estão na realidade rezando às forças do mal. Mais uma vez volto a insistir na leitura dos textos religiosos dos abraâmicos como meio para se entender este facto muito simples, mas extremamente difícil de interiorizar para muitos. É normal que tenham dificuldade em aceitar esta verdade, pois o mal opera muitas vezes através de um jogo de espelhos que inverte a realidade e confunde por completo a mente humana. A ilusão é um dos truques preferidos das forças do mal para enganar os homens e por isso mesmo, nada melhor do que criar religiões onde o mal passa a ser um Deus e vice-versa.

A título de mais um exemplo, atente-se ao facto de na tradição cristã se "beber o sangue de Cristo" e "comer a carne de Cristo". Os rituais religiosos em que se bebe sangue e come carne humana, mesmo que apenas simbolicamente, sempre estiveram associados ao mal ou pelo menos a práticas pagãs extremamente questionáveis. Aliás, um dos motivos que levou os antigos romanos a rejeitar a seita cristã e ter horror à mesma, foi exactamente este hábito cristão de simbólicamente beber sangue e comer carne humana.
 
João José Horta Nobre
5 de Novembro de 2016


 

9 comentários:

  1. OFF:

    "Former Klu Klux Klan grand wizard David Duke “does deserve a bullet,” Eric Trump told a Denver talk show host.

    One of GOP presidential nominee Donald Trump’s three sons spoke against any support Duke has offered the Trump campaign, and called white nationalists like Duke “horrible people.”

    So when KHOW-AM host described Duke as “a guy who desperately needs a bullet,” Eric Trump agreed.

    “If I said exactly what you said, I’d get killed for it. But I think I’ll say it anyway,” Trump said on the Thursday show. “The guy does deserve a bullet.”

    Trump also touted his father’s plans to help the African American community if elected.

    In March, Donald Trump disavowed the former KKK grand wizard, who is running for a U.S. Senate seat in Louisiana. Trump’s campaign also denounced the endorsement of KKK newspaper the Crusader earlier this week."

    http://www.latimes.com/nation/politics/trailguide/la-na-trailguide-updates-eric-trump-david-duke-does-deserve-a-1478263387-htmlstory.html

    ResponderEliminar
  2. "Não vou por ora entrar aqui numa reflexão sobre o que é o mal, pois tal seria demasiado exaustivo tanto para mim, como para os caros leitores."

    Caro JJHN

    O mal provém da esquerda e do seu ideal igualitário.

    ResponderEliminar
  3. Quando aquele filme do Kubrick, o "De Olhos bem Fechado", saiu, já em 1999, eu fiquei com a sensação de que o realizador nos estava a tentar dizer alguma coisa!

    E agora confirma-se: o filme tinha mesmo um fundo de verdade! É um chavão já gasto, mas a verdade é que a realidade continua a superar a ficção!

    ResponderEliminar
  4. Quem estabeleceu o dogma messianico de Jesus(Yeshua no original)foi a Igreja católica de Roma no século IV(a qual perseguiu e eliminou vários grupos que reconheciam Jesus mas não apoiavam os dogmas promovidos por Paulo e Pedro,este último renegou Jesus 3 vezes na noite da prisão de Jesus(os evangelhos são a fonte,refiro os evangelhos autorizados pela própria igreja romana)e é considerado o "papa" vitalicio da igreja).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lucas, dê-me uma única prova concreta de que Jesus é o Messias e de que o Deus-Demónio dos judeus em que tu acreditas, existe mesmo.

      O Deus dos judeus é uma criatura maligna, será que não entende isso?

      Eliminar
    2. «Daniel capítulo 9.»

      Desculpe, mas isso não prova absolutamente nada.

      «Eu não acredito em nenhum "deus-demónio".»

      Acreditas sim, acreditas no Deus do Antigo Testamento, um Deus que é um autêntico psicopata e que de resto, só existe na vossa imaginação...

      «Concordo. O deus a quem os judeus actuais servem é uma criatura maligna. Felizmente que nenhum Cristão segue o Talmude.»

      Moloch? Lol, essa é mais outra delirante criação judaica. Todos os deuses inventados pelos judeus são malignos, não há um que se aproveite.

      Eliminar
    3. «O que é que está lá escrito? Leste?»

      Reli até, já tinha lido anteriormente noutra ocasião. Não vejo lá nada que efectivamente prove seja o que for. Onde é que está a prova que eu lhe pedi?

      «Então, Ele é um "demónio" que não existe?»

      Sim, é um "demónio" no sentido figurado. Obviamente que ninguém mentalmente são pode acreditar nessas palhaçadas bíblicas. Moisés também nunca existiu, não existem quaisquer fontes históricas que comprovem a existência de Moisés.

      «E os deuses inventados pelos pagãos são todos bons?»

      Não, mas eu pessoalmente considero que existe uma certa carga de maldade nas religiões abraâmicas que as distingue de todas as outras religiões. Por exemplo, não me incomoda o Hinduísmo ou o Budismo, mas o Cristianismo repugna-me.

      Eliminar
  5. Tem aqui http://www.takeoverworld.info/clinton-bush.html material para um post antes do resultado das eleições(ou para depois,como quiser).

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...